Fim de Ano, Saiba Aumentar as Vendas

O fim de ano já chegou e este é um momento em que se espera crescimento nas vendas, especialmente no comércio. Infelizmente a previsão da Confederação Nacional do Comércio de Bens e Serviços não é boa, estimando queda de 4,8% em comparação ao mesmo período de 2014, que já foi o pior desde 2003.

Uma maneira de equilibrar as vendas no fim de ano, driblando a crise, é investindo em publicidade. Isso mesmo. Em época de crise, é a primeira coisa a ser cortada ou reduzida, mas deveria ser ao contrário. Divulgação é investimento e não despesa. Se você não anuncia, as pessoas não irão vê-lo e nem lembrar da sua marca, por mais consolidada que seja. Por isso é importante ter um mínimo de presença nos veículos de mídia e comunicação.

Além disso, é uma oportunidade de usar as datas festivas ao seu favor. Vista seu site, sua página e qualquer presença online que você tenha com a cara do Natal, por exemplo. Faça promoções de fim de ano, cupons de desconto e o que mais puder, pois as pessoas estão mais suscetíveis a isso neste momento.

O Marketing Digital aparece como boa alternativa para quem precisa investir menos e otimizar a verba, pois o seu poder de segmentação assertiva e o baixo custo se tornam atraentes em períodos como o fim de ano.

Veja porque:

Segmentação para o fim de ano

É possível criar segmentos de públicos com base em quem você deseja direcionar, quer sejam clientes frequentes ou compradores do mesmo período no ano anterior. Com isso, pode-se elaborar anúncios com ofertas e promoções que interessem a eles.

Outra alternativa é adicionar direcionamento extra, como dados demográficos, localização, interesses e comportamentos para ajustar os seus segmentos. Cada rede social ou mecanismo de busca tem suas particularidades na segmentação, é preciso unir todas de forma estratégica para alcançar cirurgicamente aqueles que tem mais propensão de comprar seu produto/serviço.

Listas de Clientes

Mais uma opção é usar listas de clientes que você já possui (email e/ou celular) ou de pessoas que acessaram seu site para impactá-los enquanto navegam na web. No Facebook, por exemplo, pode-se impactar pessoas semelhantes às das listas que você possui, ou seja, que também gostariam de ser seus clientes.

O mais interessante desta modalidade é personalizar mensagens e anúncios, mostrando apenas produtos específicos para cada tipo de público.

Remarketing

Ainda nesta linha, o Remarketing é uma boa opção, pois impacta aqueles que já visitaram o seu site, mas não fazem parte de duas listas. Para um e-commerce isso se torna ainda mais interessante, pois a pessoa irá visualizar anúncios daqueles produtos que visitou ou dos que deixou no carrinho de compras, por exemplo.

Esta opção pode ser feita no Google, Facebook, Twitter e até no Linkedin. O modelo é o mesmo, deve-se instalar uma tag específica no site para que ele comece a criar uma base de dados por meio dos cookies dos usuários. Em outras palavras, utilizando o comportamento das pessoas na internet para criar estas listas.

Boas_Prticas_Redes_Sociais

Medindo o Retorno Sobre o Investimento

Medir o ROI (Retorno sobre o Investimento) é sempre um desafio, pois dificilmente se consegue mensurar quantas pessoas foram impactadas por seu anúncio em uma revista, outdoor, rádio, TV etc. Pelo Marketing Digital isso se torna mais fácil, basta instalar uma tag de conversão em seu site e acompanhar os acessos, de onde eles vêm, qual a faixa etária, comportamento etc.

Se você pretende manter ou expandir as vendas neste fim de ano, esta pode ser uma boa saída. As oportunidades estão aí e as grandes ocasiões também; Black Friday, Natal, Ano Novo e as férias escolares.

Para fechar, mais uma vantagem do digital: você pode fazer mensagens específicas para cada uma destas datas, programando o início e o fim de suas campanhas, inclusive pelos horários do dia. Afinal, ter um outdoor com um Papai Noel após o dia 25 é um desperdício de dinheiro. Pense nisso. 😉

EMAIL_bruno-assinatura_FOSSIL

Fontes:

http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/11/cnc-revisa-projecao-de-vendas-no-natal-de-2015-para-queda-de-48.html

http://g1.globo.com/economia/noticia/2014/12/vendas-no-natal-tem-pior-resultado-desde-2003-diz-serasa.html

Entre em contato