Mídia paga ou inbound marketing: em qual investir?

Mídia paga ou inbound marketing? Essa é uma dúvida que paira sobre muitos gestores. Qual desses investimentos vai realmente se pagar e trazer um retorno verdadeiro para a empresa?

Existem, hoje, diversas técnicas de marketing, termos, buzzwords e métodos sendo discutidos pela internet afora, tornando a adoção de uma dessas estratégias algo difícil de se definir. Talvez você tenha um colega que jure que o investimento chave é o Google Adwords.

Ao mesmo tempo, você lê bastante coisa sobre a “revolução do inbound marketing”, mostrando como essa estratégia é imprescindível e gera os melhores leads para as empresas. Tentar decidir entre mídia paga ou inbound marketing acaba sendo um grande desafio para os gestores, especialmente com tanta informação contraditória disponível online.

Por isso, continue nos acompanhando e informe-se mais sobre o assunto!

Estratégias complementares, não exclusivas

O que observamos nas empresas que obtém sucesso em suas estratégias de marketing é que elas não se limitam a apenas uma opção: quem disse que mídia paga ou inbound marketing precisam ser estratégias que se excluem? A verdade é que é possível e recomendado que uma complemente a outra para que sua empresa conquiste mais e melhores leads, aumentando as vendas.

Abordaremos a seguir um pouco sobre cada uma dessas estratégias e como elas podem se complementar. Veja:

Inbound Marketing

Vamos ser diretos sobre Inbound Marketing: essa não é uma estratégia que sua empresa pode adotar por apenas alguns meses e conseguir muitos resultados rapidamente.

O Inbound Marketing é toda uma metodologia, que requer uma certa mudança de cultura e apresenta resultados em média após os 6 primeiros meses — podendo variar um pouco para mais ou para menos de acordo com o ciclo de vendas da sua empresa. Contudo, o resultado, quando aparece, é poderoso e duradouro.

Isso ocorre porque o foco dessa estratégia está em reduzir a jornada de compras do seu cliente, respondendo às questões e pontos de dor ao longo do caminho e permitindo que eles tomem decisões melhores, mais informadas e mais rapidamente.

Uma boa campanha de inbound marketing vai incluir uma série de elementos diferentes — como marketing de conteúdo, mídias sociais, automação de marketing, SEO, dentre outros.

Mídia paga

Ao contrário de uma estratégia de Inbound Marketing, o investimento em mídia paga possui um retorno mais rápido, mas o efeito não é permanente. Assim que o pagamento cessa, os leads também cessam, e a visibilidade de sua empresa volta aos níveis normais. Em termos gerais, quanto maior o orçamento aqui, mais resultado você terá.

Uma vantagem é que, hoje em dia, ferramentas como o Google Adwords, Facebook Ads e LinkedIn ads permitem uma granularidade do público-alvo muito grande — ou seja, você terá certeza de que o seu anúncio será apresentado apenas para quem você quer, aqueles que realmente poderão adquirir seus produtos ou serviços.

Como Mídia paga e Inbound Marketing se complementam

Essas duas estratégias, por possuírem características bem diferentes, acabam se complementando.

Em um primeiro momento, como vimos anteriormente, o inbound tende a ser uma estratégia de médio a longo prazo, ao passo que as mídias pagas geram um retorno mais imediato.

Investir em mídia paga nos meses iniciais da estratégia de inbound marketing é importante para que você tenha resultados nesse momento. Posteriormente, quando o inbound estiver gerando bons resultados, o investimento em mídia paga auxilia — e muito — no direcionamento de tráfego, no crescimento nas redes sociais e em alguns pontos da estratégia de SEO.

Portanto, não pense mais se você deve investir em mídia paga ou inbound marketing: o ideal é implementar uma estratégia ampla, em que essas duas frentes se complementem.

Para isso, você precisará de uma boa equipe de marketing digital. Aproveite e confira como você pode formar uma equipe campeã em sua empresa!

Entre em contato