Gestão de redes sociais para escolas: confira as 9 melhores práticas!

Assim como a tecnologia e os hábitos das pessoas estão em constante transformação, também se modificam os caminhos que uma escola precisa percorrer para atingir alunos em potencial com sua publicidade. Neste cenário, a gestão de redes sociais para escolas é um dos aspectos mais importantes, já que pode gerar muita visibilidade e oportunidades para a instituição.

Como em demais áreas do marketing, é necessário implementar boas práticas online para trazer resultados de qualidade. Apesar de redes sociais serem muito associadas a lazer, elas podem ser parte crucial de uma boa estratégia, proporcionando um retorno positivo para a sua escola.

Ao trabalhar dessa forma, um número maior de alunos em potencial será atingido pelos seus conteúdos, aumentando as oportunidades de fazer novos negócios. A seguir, apresentamos as 9 melhores práticas para fazer a gestão de redes sociais para escolas. Vamos conferir?

1. Realize um bom planejamento

A gestão de redes sociais para escolas é parte fundamental da estratégia de marketing de uma instituição. Por isso, você deve contar com um planejamento robusto, que considere todas as ações que serão realizadas, plataformas escolhidas, linha editorial e o que mais se encaixar às suas necessidades. A partir daí, você será capaz de traçar seus objetivos e definir os caminhos necessários para atingi-los.

2. Estude o seu público-alvo

Não dá para fazer uma boa gestão de redes sociais para escolas sem conhecer muito bem a sua audiência, certo? Afinal, é com base nesse estudo que toda a sua abordagem será definida, já que não faz sentido direcionar os esforços da sua campanha para pessoas que não se interessarão pelo que você tem a oferecer.

Para traçar o perfil do seu público-alvo, analise as características desses alunos em potencial, seus objetivos, desejos, medos, entre outros. Assim, você saberá as dúvidas que precisa solucionar para conquistar esse público.

Por fim, é válido detectar em quais dias e horários eles costumam acessar as redes sociais, focando suas publicações nesses períodos.

3. Implemente uma SMO

A sigla significa Social Media Optimization e é uma parte vital de uma gestão de redes sociais de qualidade. Essas plataformas são essenciais para direcionar tráfego para o seu site e, assim como o SEO consegue aumentar sua visibilidade com as palavras-chave certas, o SMO usa o poder das redes sociais para este mesmo fim.

Para isso, certifique-se de criar uma rotina de publicação que inclua links para páginas e posts do seu site, além de mensurar os resultados obtidos a fim de que tudo continue funcionando bem.

4. Use a linguagem adequada

Os seus alunos precisam se identificar com o conteúdo que estão acessando na internet, senão as possibilidades de engajamento ficam mínimas. A melhor maneira de garantir isso para a sua escola é utilizando uma linguagem alinhada às expectativas destas pessoas.

O público jovem, por exemplo, se identifica com uma linguagem do dia a dia e gosta de ser entretido. Sendo assim, eles dificilmente ficarão interessados em posts enormes ou em uma chamada que apresente palavras muito rebuscadas.

Para surpreendê-los, nada mais eficiente do que incorporar algumas expressões do momento, como selfie, e ter seu conteúdo amplamente divulgado. Lembre-se que o conteúdo pode estar ao mesmo tempo bem escrito e relevante, porém, com uma linguagem mais leve e atraente que se aproxime dos alunos e os estimule a comentar e compartilhar.

5. Mostre senso de humor

Pegando um gancho com o tópico anterior, a maioria das redes sociais não é um espaço de muita formalidade. Assim, o humor é a maneira mais eficiente de se conectar com os alunos e humanizar o uso dessa estratégia na sua escola.

Unir diversão e informação de qualidade é o melhor caminho para criar campanhas agradáveis e com muitos acessos. Contudo, é sempre bom manter o bom senso e evitar piadas de mau gosto. O objetivo é ter uma linguagem acolhedora e alegre sem ofender ninguém.

6. Publique conteúdo relevante

Cada vez mais aumenta a concorrência de conteúdo na internet. Com isso, as pessoas acabam se tornando mais seletivas em relação a quais posts merecem seu engajamento.

Para atingir o seu público com eficiência, certifique-se de publicar um material de relevância, que seja importante para esta audiência e tenha fatores atraentes o bastante para chamarem a atenção.

7. Compartilhe conteúdos extras

As redes sociais podem ser grandes aliadas dos professores na hora de estimular alunos a ampliar seus conhecimentos.

Assim, use as redes sociais para compartilhar notícias, vídeos, músicas, sugestões de filmes ou peças, entre outros tantos materiais multimídia que tenham alguma relação com os conteúdos apresentados em sala de aula ou com o que acontece no mundo, promovendo debates e interações entre diferentes alunos.

Da mesma forma, alunos em potencial podem entrar em contato com essas postagens e ficarem surpresos com a riqueza dos conteúdos gerados por sua escola. Com certeza, ficarão entusiasmados e com mais vontade de fazer parte da sua instituição. Logo, essa estratégia é muito útil não somente para captar, mas também para reter alunos.

8. Promova interação sempre

As redes sociais são formadas por pessoas e foram criadas para promover a comunicação. Portanto, interagir com o público que envia perguntas ou posta comentários em suas páginas é fundamental.

Se você, por exemplo, compartilhou uma charada ou desafio e recebeu comentários de seguidores tentando resolver o problema, parabenize quem acertou e encoraje quem não conseguiu descobrir a solução. Este detalhe é essencial para criar uma relação mais harmônica com seus seguidores nas redes sociais, além de ajudar a fortalecer sua imagem.

Afinal de contas, todas as pessoas desejam ser ouvidas e receber uma palavra de carinho ou incentivo. Deixar um aluno em potencial que compartilhou uma dúvida, sugestão ou até mesmo uma crítica falando sozinho é um grande erro. Se esforce para jamais ignorar qualquer comentário postado.

Ademais, evite enviar respostas iguais e padronizadas para todas as pessoas. Isso soa muito impessoal. Seja empático e envolva-se com seu público, mostrando que sua instituição realmente se importa com o que ele tem a dizer. Essa é uma excelente tática para humanizar sua presença nas redes sociais.

9. Poste com regularidade

Agora que você já levantou muitas ideias para deixar seu conteúdo nas redes sociais mais interessantes, é importante montar um cronograma para conseguir postar com regularidade. Isso faz toda a diferença na hora manter o interesse do seu público na sua conta, já que um perfil ou blog abandonado logo perde muitos seguidores.

Porém, não é necessário exagerar. O ideal é sempre deixar seu perfil atualizado, pelo menos diariamente. Vale a pena também estudar diferentes horários do dia e ver quais deles apresentam o maior número de acessos.

Ao seguir essas boas práticas, você aumenta substancialmente o potencial de sucesso das iniciativas da sua instituição no ambiente digital. A gestão de redes sociais para escolas deve ser feita de maneira altamente alinhada com o restante das suas estratégias para gerar os melhores resultados para você.

Agora que você conhece as melhores práticas sobre gestão de redes sociais para escolas, que tal começar a investir na sua presença digital? Entre em contato conosco e descubra como nossas soluções podem ajudar você a aparecer na web!

Entre em contato