Martha Gabriel – Neurobusiness: usando o cérebro para alavancar negócios

Martha Gabriel é escritora, consultora e palestrante nas áreas Marketing Digital, Inovação e Educação. Autora de 5 livros, professora de MBA e pós-graduações nas Instituições PUC-SP, Insper e ESPM. CEO da Martha Gabriel Consulting & Education. Está na lista entre os 50 profissionais mais inovadores do mundo digital brasileiro, segundo a Revista ProXXIma.fossil digital
https://br.linkedin.com/in/marthagabriel

No RD Summit 2017, Martha falou sobre os estudos do cérebro e sua neuroplasticidade, que é a capacidade que temos de melhorar o nosso cérebro. Assim como um músculo, ele precisa de exercícios. Por meio de estímulos, como escrever com a mão esquerda se você é destro, podemos criar mais sinapses, tendo novos caminhos para fazer nossas tarefas.

Diariamente somos atingidos por hacks mentais como mensagens subliminares, programação neurolinguística e hypnotic writing. E cada vez mais estão sendo usados os conhecimentos sobre o cérebro para aplicar nos negócios, conhecido como Neurobusiness.

Quer saber quais foram as 12 dicas dadas pela Martha para aumentar a produtividade, ajudar nas tomadas de decisões, ter saúde e influenciar pessoas? Confira abaixo:

1) Sinto, logo existo

Diferente do que falava o filósofo francês René Descartes, foi comprovado cientificamente que a emoção tem maior poder de decisão do que a razão. Logo, não pensamos e depois existimos, mas sim, sentimos e depois racionalizamos.

É por isso que em parques de diversões como a Disney, as lojas de lembranças sempre estão no final das atrações ou brinquedos. Porque passamos por um período de fortes emoções e que estamos orgulhosos de nós mesmos por termos conquistado o nosso objetivo.

Também somos estimulados por músicas, elas têm influência direta sobre o que estamos sentindo no momento. Além disso, podem até melhorar ou piorar nossa performance. Estudos comprovaram que uma das músicas que mais incentiva e inspira é We Will Rock You, do Queen.

2) Durma 8 horas por dia

O sono faz nascer novos neurônios e aumenta as sinapses. Não é possível ficar bem com menos de 8 horas de sono. Não dormir o tempo suficiente, causa danos no nosso corpo, diminui os reflexos e a velocidade de reação e pode atrapalhar até a capacidade de interpretar textos.

3) Tenha mais energia

O cérebro consome até 30% de energia todos os dias e determinados alimentos não possuem a quantidade certa de nutrientes para armazenarmos e queimarmos aos poucos. O jejum pode ser um grande desafio e uma maneira de ter controle sobre o seu cérebro, porque dessa forma, você aprende a entender o seu organismo e começa a diferenciar o que é fome realmente e o que é vontade de comer.

Também não é recomendado o uso de cafeína após às 15h, porque o excesso de cafeína atrapalha o sono. Além disso, o consumo de bebidas alcoólicas também deve ser evitado, pois serve como um anestésico para o cérebro, não deixando o cérebro descansar de maneira correta e prejudica a memória.

4 e 5) Exercite o seu cérebro

Aprender a tocar algum instrumento musical ou estudar um novo idioma são as melhores atividades para desenvolver o cérebro. Ajuda na solução de problemas, na criatividade e deixa a memória mais rápida e eficiente.

6) Pratique exercícios físicos

Praticar exercícios físicos faz bem para nossa saúde mental. Correr melhora a cognição e ajuda na neurogênese, que é a formação de novos neurônios.

7) Dê amor

A Ocitocina, que é o hormônio do amor, é estimulada através de diversas formas. Ouvir o outro, contar piadas, abraçar e tocar as pessoas, são maneiras de ter amor no seu cotidiano e deixar o seu cérebro mais saudável.

8) Faça competições

Quando as pessoas são estimuladas a competir, o comprometimento e a motivação com a tarefa aumentam.

9) Use o Storytelling

Contar uma história ativa a atenção das pessoas. Para conseguir alguma coisa e influenciar pessoas, use a técnica do sanduíche. Basta você começar com uma história boa, falar algo ruim no meio e falar outra boa em seguida.

10) Medite

Já foi comprovado cientificamente a importância de esvaziar a mente por alguns minutos todos os dias. Isso ajuda você a ter um controle maior sobre a mente, suas emoções e até conviver melhor consigo mesmo.

11) Evite decidir o que não importa

O tempo todo temos que tomar decisões, desde coisas insignificantes como escolher qual trajeto você vai fazer, quanto decidir o futuro da sua família. Com isso, perdemos muito tempo decidindo o que não importa e isso causa a fadiga da decisão.

Ao longo do dia, nossa força de vontade diminui e acabamos não decidindo as coisas de forma sensata. Por isso, decida as coisas mais importantes pela manhã e delegue tudo aquilo que você não precisa decidir sozinho.

12) Use assistentes digitais

Use os assistentes como Google Home e Siri a seu favor. Não ocupe sua memória com tudo aquilo que não é necessário e essencial para sua vida.

Ao colocar em prática tudo isso, sua saúde mental irá aumentar consideravelmente. Dessa forma, sua vida será mais produtiva, saudável, feliz e com mais sucesso nos negócios.

*as informações contidas no texto foram interpretadas pela equipe da Fóssil e podem ter variações com relação ao conteúdo abordado pelo palestrante.

Entre em contato